Educação a distância amplia oferta de vagas em 25 cursos gratuitos

By on julho 31, 2017
unnamed (3)

Mais de mil novas matrículas são feitas a cada mês no portal de ensino a distância do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás). As vagas não chegam para quem quer. Mas, a partir deste mês, o site terá sua capacidade quadruplicada, podendo absorver até 4 mil matrículas mensais. O EaD Senar Goiás foi criado em 2014, para que os goianos que vivem no campo tenham mais facilidade de acesso à formação e à profissionalização. Para o superintendente do Senar Goiás, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, o alto número de matrículas comprova o acerto da iniciativa. “Nós temos a convicção de que, com a educação a distância, estamos conseguindo ampliar ainda mais o leque de oportunidades de capacitação e formação do homem do campo e de todas as pessoas envolvidas no contexto do agronegócio”.

No portal estão disponíveis quatro programas com temáticas diversas, incluindo ao todo 25 cursos inteiramente gratuitos, não exigindo nenhum grau de escolaridade. Os temas, como explica o superintendente, são definidos a partir das necessidades detectadas entre os profissionais do campo. “Em primeiro lugar, nós fazemos uma pesquisa de percepção do nosso público, um levantamento de demandas e a partir daí usamos toda a capacidade de inovação e expertise da nossa área técnica para vencermos o desafio de lançarmos novos projetos como o Programa Agricultura de Precisão”.

Idealizado pelo Senar Goiás, o Programa Agricultura de Precisão teve tanta repercussão que acabou sendo adotado também pelo Senar Nacional. O programa atende a um público cada vez mais sedento de informações sobre as novas tecnologias usados no campo para aumentar a produtividade sem agredir o meio ambiente. Oferece sete cursos, abordando desde o bê-a-bá da AP até o funcionamento dos sistemas de orientação por satélite e o uso da tecnologia nas diferentes etapas da produção.

De olho no futuro 

Goiás também saiu na frente, ao estimular o empreendedorismo rural com dois programas voltados para a gestão da propriedade. De olho no futuro, a administração regional do Senar criou o Programa Jovem Empresário Rural, com dois cursos que estimulam o desenvolvimento de habilidades empresariais, políticas e sociais. “Temos nos preocupado muito com a sucessão familiar”, afirma Antônio Carlos. E estamos nos aproximando mais e mais dessa turma jovem, buscando fortalecer sua inserção nas propriedades, trabalhando constantemente os pilares do empreendedorismo e da formação de novas lideranças”.

Outro programa voltado para a gestão é o Minha Empresa Rural, com 12 cursos que ensinam ao produtor como conquistar novos mercados, diversificar a produção e ganhar produtividade. Já o Programa Gestão de Riscos, oferece quatro cursos abordando questões relacionadas à melhor qualidade de vida no campo, como prevenção de acidentes e de doenças laborais. E o superintendente adianta que novos projetos estão a caminho para atender à uma população rural cada vez mais conectada, como comprovam os dados da recente pesquisa sobre os hábitos do produtor rural, realizada pela Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio (ABMRA). O estudo mostrou que o campo adotou a tecnologia tanto na produção como na busca de informações.

“Os dados da pesquisa evidenciam o que nós já havíamos constatado, orientando nosso trabalho nesse sentido. Nós temos hoje um homem do campo mais conectado, com mais acesso às informações, e também um jovem empresário rural mais presente dentro das propriedades. E estamos nos preparando para lançar novos projetos que absorvam todas as demandas. Com a ampliação da capacidade de matrículas no EaD Senar Goiás enxergamos a oportunidade de consolidarmos ainda mais nossas ações, fortalecendo a plataforma para atender com toda eficiência às necessidades do nosso público”.

Crédito: Fredox Carvalho

You must be logged in to post a comment Login