Saiba como utilizar o 13º salário de forma consciente

By on dezembro 8, 2016
unnamed-2

Especialista em economia dá dicas de como aplicar o dinheiro conforme sua realidade financeira

E quando um dinheirinho extra é incluído na renda do mês já surge aquela dúvida: poupar ou pagar as dívidas? Se você trabalha de carteira assinada, certamente é beneficiado com o 13º salário e já está planejando a melhor forma de utilizá-lo neste fim de ano. Festas de Natal e Ano Novo, férias escolares e familiares, matrícula da escola, IPVA, IPTU, material escolar, tudo isso faz parte das despesas desse período e a questão é: elas estão incluídas no seu orçamento?

O professor de economia da Faculdade Estácio, Cláudio Freitas, explica que para ter o dinheiro como aliado, os gastos precisam ser muito bem planejados e, claro, com antecedência. “É uma oportunidade para reorganizar as finanças e assumir o controle de sua vida financeira, de acordo com as suas reais prioridades”, considera.

E para colocar isso em prática, o especialista dá algumas dicas importantes e que podem funcionar para aquelas pessoas que pretendem sair do vermelho e começar o ano com o pé direito.

1- Quite ou minimize as dívidas: As tentações de consumo são inevitáveis nessa época do ano, mas é preciso resistir. O ideal é utilizar o dinheiro para eliminar as pendências, ou seja, aquelas dívidas que já lhe renderam muito estresse. E, neste caso, é válido priorizar as que cobram os maiores juros.

2 – Compre à vista: Se você realmente precisa ou deseja comprar algo nesse período, a dica é: não estenda a dívida para o próximo ano. Além do mais, é aconselhável optar pelas compras à vista para conseguir maiores descontos, pois com certeza o processo de negociação lhe trará mais benefícios.

3 – Lembre-se das prioridades: Pensar no aqui e agora é muito arriscado quando o assunto é dinheiro, portanto, lembre-se dos gastos corriqueiros de início de ano: IPVA, IPTU, material escolar, entre outras despesas que não podem ser abolidas do seu planejamento.

4 – Invista: Para quem está livre das dívidas ou pelo menos com a situação financeira mais equilibrada, vale a pena pensar no futuro e investir pelo menos uma parte do décimo terceiro em algo que pretende conquistar, como trocar de carro, fazer uma viagem, reformar uma casa, investir nos estudos ou iniciar qualquer outro projeto pessoal ou profissional.

You must be logged in to post a comment Login